quarta-feira, 22 de julho de 2009

Tolerância

Não há ser humano lúcido que não reaja com estupidez e nem outro tranquilo que não tenha seus momentos de desespero. Devemos ter consciência de que somos uma massa de seres humanos imperfeitos vivendo em uma sociedade de pessoas imperfeitas. Você vai frustrar as pessoas próximas e elas irão frustrá-lo. Por isso a tolerância não é uma opção nas relações humanas, mas uma necessidade insubstituível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário